Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Vida às fatias

Gostava de escrever um texto inspirador que servisse de meta a este blog... mas não há! É consumir depressa antes que acabe!

Vida às fatias

Há um ano

27/2021

09.03.21 | Fatia Mor | comentar
Há um ano estávamos prestes a conhecer a realidade do confinamento. Cá em casa, terá sido por este dia que começamos a pensar que informalmente reduziríamos todas as saídas ao essencial. A ameaça do vírus pairava sobre Portugal. (...)

Sonhos

10/2021

11.01.21 | Fatia Mor | comentar
Custa desistir dos sonhos. Custa muito admitir que não estamos à altura.  Não, não estou a falar de sonhos de natal, se bem que até desses temos de abdicar, a dada altura, não é verdade? Custa desistir dos sonhos de infância para nos (...)

Mazelas

4/2021

04.01.21 | Fatia Mor | comentar
O ano de 2020, coincidência ou não, foi ano de mazelas. Dor no ombro e cotovelo direito - inflamação do ombro devido ao computador (vá se lá saber porquê); dor no pé esquerdo - possíveis nódulos no tendão; dores de dentes - pulpite e (...)

Do corpo

Reflexões do fim do dia

10.12.20 | Fatia Mor | comentários (5)
Não somos o nosso corpo. Temos de ser mais do que esta coisa perecível, com prazo de validade, com defeitos que nos limitam, nos constrangem. Somos mais do que este corpo. Somos mais do que a beleza ou a jovialidade que, um dia, se esgota. (...)

12/2020

02.12.20 | Fatia Mor | comentários (6)
Chegou Dezembro. Dezembro de 2020. Ainda me recordo quando, há 9 meses, nos enfiamos em casa, devido ao desconhecimento total sobre um vírus que lançou o mundo numa pandemia, numa espiral de mudanças cognitivas, afectivas e comportamentais. Ain (...)

Escrever

30.10.20 | Fatia Mor | comentar
Apetece-me dedilhar as teclas, sem parar, a deixar que o pensamento brote e inunde o espaço em branco. A virtude das palavras é que enchem espaços. Enchem os silêncios incómodos, enchem o peito quando a saudade o deixa vazio, enche-nos de (...)