Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Vida às fatias

Gostava de escrever um texto inspirador que servisse de meta a este blog... mas não há! É consumir depressa antes que acabe!

30
Dez18

Quadro de intenções

Fatia Mor

Tenho andado pouco assídua por este meu cantinho. A família, as festas, a necessidade de parar um pouco o ritmo alucinante que pauta a minha vida, têm ditado esta ausência.

Não sou pessoa de balanços no fim do ano (só se for o balanço para saltar da cadeira para o chão, com o pé direito, para entrar em beleza), mas gosto de pensar nas metas que quero alcançar nos próximos 12 meses.

Tenho em mim, portanto, um quadro de intenções. Não são resoluções, porque essas faço-as todos os dias, quando tomo consciência das falhas que há em mim; mas são intenções do que gostaria de realizar e para o qual vou trabalhar arduamente.

Para me comprometer, ainda mais, com elas, torno-as públicas.

1. Ser (mais) paciente

Devo-o a mim e aos que me rodeiam, especialmente aos meus filhos. Ser mais paciente quando errar, quando não conseguir satisfazer todos os pedidos, todas as exigências que coloco sobre os meus ombros. E essencialmente ser mais paciente com eles. Lembrar-me que são apenas crianças e não pequenos adultos de quem podemos esperar discernimento e capacidade de regulação emocional.

 

2. Fotografar (ainda) mais

A prática faz a perfeição. Quero explorar mais os meus limites, desenvolver o meu estilo pessoal, fazer crescer o meu (pequeno e acalentado) talento. 

 

3. Ser feliz

Acolher a velha máxima "aquele que mais tem é aquele que menos precisa". Distinguir necessário de supérfluo, excelência de orgulho, amor-próprio de egoísmo. E perceber quando estou num pólo ou noutro.Reconhecer que o equilíbrio das diversas facetas que adoptamos não existe e procurá-lo na nossa vida é só mais uma meta inqualificável, que procuramos transpor no que achamos ser o curso da felicidade. Não é. Por isso, quero aceitar mais a minha imperfeição, procurar o caminho para gostar de mim, para respeitar o próximo e deixar de precisar tanto de "ter" para me sentir realizada. 

 

E acho que fico por aqui. Mais um ano a caminhar na superfície deste planeta. Espero fazer dele um ano proveitoso.

6 comentários

Comentar post

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mais sobre a FatiaMor

foto do autor

Fatias antigas

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D

Créditos

Imagens produzidas e fornecidas por Flaticon (https://www.flaticon.com/).