Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Vida às fatias

Gostava de escrever um texto inspirador que servisse de meta a este blog... mas não há! É consumir depressa antes que acabe!

Vida às fatias

Seg | 17.04.17

Pós-páscoa

Fatia Mor

Passei à margem da balança, com a esperança de que ela não me olhasse profundamente e me encantasse com os seus cânticos suaves, atraindo-me para a sua superfície lisa e fria... E logo a seguir se transformar num monstro que debita números que ninguém quer ver, a não ser que tenham a abreviatura de milhar à frente e estejam numa caderneta de uma conta bancária.

 

Resisti! E estou aqui para contar a história...

 

Veremos quantos dias a consigo evitar... Até porque subsistem, lá por casa, amêndoas e ovos de chocolate!

 

Valha-nos nossa senhora dos bolinhos, que não vai ser fácil!

5 comentários

Comentar post