Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Vida às fatias

Gostava de escrever um texto inspirador que servisse de meta a este blog... mas não há! É consumir depressa antes que acabe!

Vida às fatias

Ter | 16.06.15

Pérola #17 (? que eu já lhes perdi a conta)

Fatia Mor

Imaginem-nos sentadas às três no tapete da sala.

Fatia#1 de costas para mim e para a Fatia#2 que está animada, sentada ao meu colo, enquanto brincamos as duas. Fatia#1 não está minimamente interessada no que estamos a fazer.

Fatia#2, do alto dos seus oito meses, começa agora a ostentar gracinhas (ou pelo menos tenta). Como tal, passamos o tempo a dizer "tátá", a fazer adeus com as mãos, a bater palminhas, a mandar-lhe beijinhos, na vã esperança que ela comece a alegrar-nos os dias com estas interações infantis.

Estou eu, entretidíssima a dizer-lhe "faz tátá filha" e "tátá amor" e Fatia#2 nada.

Insisto, insisto, insisto...

 

FatiaMor: Diz lá amorzinho, diz lá tátá! - digo eu na maior das bebézices...

 

Fatia#1 volta-se e diz, com algum ar de quem está farta de semelhante conversa: Tátá mamã!

 

.......

 

Eu devo ser mesmo chata com isto do tátá!

2 comentários

Comentar post