Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Vida às fatias

Gostava de escrever um texto inspirador que servisse de meta a este blog... mas não há! É consumir depressa antes que acabe!

Vida às fatias

Ter | 21.02.17

Obrigar a sair

Fatia Mor

Se me perguntassem a maior diferença que sinto na minha vida, desde que tive filhos, talvez me sentisse forçada a responder que é a vontade de sair de casa.

 

Ficar entre quatro paredes, em especial as nossas, é de um conforto atroz mas simultaneamente coloca-nos numa situação insular. Rapidamente, perdemos o hábito de conviver, de sair, de estar com outras pessoas (mesmo com os filhotes atrás), de maneira a podermos diversificar conversas, passar bons momentos e criar memórias únicas. 

 

Até para eles é essencial esses momentos, o estar em contacto com outras realidades, o romper das rotinas. 

 

Para nós é um teste à paciência e à resiliência, mas para eles é o momento ideal para verem os pais para lá da sua função de educadores... Acredito que só faz bem à estrutura familiar conseguirem ultrapassar as barreiras do conforto e irem procurar novas formas de ser e de estar, mesmo que seja apenas um jantar de amigos, uma ida ao cinema ou um passeio por um local desconhecido.

 

Por isso, é essencial obrigarmo-nos a sair. E quando conseguimos, é tão bom!

Quase que acredito que, um dia, vou voltar a ter a minha vida social de volta!

 

7 comentários

Comentar post