Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Vida às fatias

Gostava de escrever um texto inspirador que servisse de meta a este blog... mas não há! É consumir depressa antes que acabe!

Vida às fatias

Sex | 08.05.20

Isto não é um blog sobre música

Fatia Mor

Longe, diria eu, vão os tempos, em que me deitava na cama e ficava a ouvir os CDs em repeat na aparelhagem lá de casa. Em que perdia horas a ler as letras das músicas, a interpretar os seus poemas intrincados e a identificar-me profundamente com as emoções, tão bem entoadas.

Tentava dizer o que eles cantavam e falhava redondamente. Fazia gravações de cassetes para oferecer (e mais tarde de CDs), na tentativa de expressar todo o meu amor, toda a minha amizade.

Os anos passaram e o tempo tornou a minha relação com a música mais complexa, porém, displicente. Deixei de a escutar para passar a ouvir, nos transcorrer dos dias, no carro, no trabalho. Mas tenho dias em que só a música me organiza. Só a música me devolve o estado de ânimo que procura fora de mim. 

Ultimamente, ando numa onda de ouvir The Cranberries. 

Esta, para mim, era uma das mais bonitas.

Que dizer... No fundo, no fundo, sou uma romântica.

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.