Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Vida às fatias

Gostava de escrever um texto inspirador que servisse de meta a este blog... mas não há! É consumir depressa antes que acabe!

05
Abr18

Dias há...

Fatia Mor

Dias há em que me sinto uma fraude. Em que sinto que nada do que faço está realmente sustentado. Em que tenho apanhar as bolas todas que estão no ar, à minha frente, qual palhaço de circo que quer ser malabarista. Porém, quem nasceu para ser palhaço triste, nunca chega às luzes da ribalta.

Dias há em que sinto que nada corre bem. Nada fica bem feito.

Mas depois, olho para o céu azul, para as aves que voam, para as árvores que crescem, mesmo sem saberem para o que foram feitas e que desempenham o seu trabalho sem duvidar.

O mal está na dúvida. E nestes dias, duvido muito. Duvido demasiado.

Dias há... outros virão!

6 comentários

Comentar post

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mais sobre a FatiaMor

foto do autor

Fatias antigas

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D

Créditos

Imagens produzidas e fornecidas por Flaticon (https://www.flaticon.com/).