Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Vida às fatias

Gostava de escrever um texto inspirador que servisse de meta a este blog... mas não há! É consumir depressa antes que acabe!

Vida às fatias

Sex | 13.07.18

Dia C: Casámos a Just

Fatia Mor

Querida Just,

 

Poderia tentar dar-te imensos conselhos, para a vida a dois, para que só existam bons momentos. Mas a verdade é que precisamos dos maus para nos lembrar porque estamos ao lado de quem amamos. É nesses dias mais cinzentos que o verdadeiro amor se revela, para trazer a cor que falta no resto do mundo.

Também poderia dizer-te como é bom ser casado. Mas a verdade, é que nem sempre o é! E há dias em que nem nos aturamos, quanto mais aturar o outro. Nesses dias, pega no álbum do dia de hoje e folheia-o até que as emoções vos inundem, outra vez, e façam mais uma jura de amor eterno.

Podia dizer-te ainda, que o dia passa a correr. Aproveita-o bem. Mas constatar o óbvio é apenas falta de imaginação. Por isso digo-te, sorri até te doerem as bochechas; come sempre que te aparecer comida à frente; dá muitos, muitos mas mesmo muitos beijos ao teu marido, saboreando bem a nova palavra que passarás a usar para te referir a Ele; abraça os amigos; canta com a animação; dança até te doerem os pés e, quando for impossível continuar calçada, descalça-te e dança mais um bocado! Sejam os últimos a sair, aproveitem cada momento, irrepetível. De muitas coisas que podemos tentar repetir, estes momentos terão a sua efemeridade no tempo.

Provavelmente, vais ler tudo isto, já depois de ter passado. Se assim for, espero que tenha sido um grande dia. O dia C. O dia em que casou mais um pássaro daquele bando altamente improvável de pessoas boas, que se juntou por ali (por causa de outro casamento). Hoje é o dia em que a Just casa e nós, os pássaros, estamos todos lá, a abençoar o enlace! Se depender de nós, para ti, é para a vida toda (e mais além!).

 

Um beijinho de muitas felicidades e just smile

7 comentários

Comentar post