Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Vida às fatias

Gostava de escrever um texto inspirador que servisse de meta a este blog... mas não há! É consumir depressa antes que acabe!

14
Nov18

As manhãs, senhores, as manhãs

Fatia Mor

Não sei como é em vossa casa, mas ainda sei como era na minha. Uma tranquilidade que só visto. Acordava com o despertador, levanta-me calmamente, tomava banho, despachava-me e, com sorte, ainda tinha tempo para despachar qualquer coisa do dia em casa.

 

Agora? Levanto-me antes do despertador tocar porque há sempre um que chama ali naquela primeira hora do raiar do sol, em que ainda podíamos estar todos a dormir. Se não sou eu a pôr o pé fora da cama (verdade seja dita, normalmente a mola do Fatiasman é mais rápida que a minha), são eles que vêm ter connosco, a pedir os bonecos que se esqueceram sabe-deus-onde! 

 

Se depressa se levantam por isso, lentamente se dirigem para a casa-de-banho. É que aguentar o xixi é desporto olímpico de gabarito e lá em casa tenho duas campeãs in the making. Depois de dizer 3 vezes que é para irem à casa-de-banho e de puxar pela minha voz em decibéis capazes de acordar a vizinhança, mais umas 4 vezes, uma delas volta para a cama para fazer que está a dormir, o Fatia#3 sobe-me pelas pernas a pedir-me colo e a outra, talvez, lá vá fazer o que tem a fazer.

 

Depois, é o processo do pequeno almoço que, claramente, é um processo de eliminação de hipóteses:

- Querem leite?

- Não.

- Querem pão?

- Não.

- Querem cereais?

- Não.

- Querem levar uma galheta?

- Pode ser torrada com iogurte.

 

A seguir, com sorte, estando os dois em casa, um de nós consegue aparecer de banho tomado e vestido, para dar seguimento à loucura do "não quero essas calças", "quero aqueles sapatos" (não pode ser...gritos, choro e birra por 2 segundos), "não gosto de botões", "quero aquela bandolete!", "eu é que quero aquela bandolete". 

O outro consegue, eventualmente, aparecer despachados nos entretantos, a tempo de pentear cabelos, lavar dentes e colocar o repelente dos piolhos.

 

Saímos de casa, cada um para levar a sua Fatia à escola.

Eis que me lembro, então, que no meio disto tudo (escolha uma ou mais hipóteses):

a) o telemóvel ficou perdido em parte incerta

b) esqueci-me dos óculos na mesa de cabeceira

c) ninguém trocou a fralda ao miúdo

d) não tomei o pequeno-almoço

e) esqueci-me de tirar alguma coisa para o almoço ou jantar...

 

10 comentários

Comentar post

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mais sobre a FatiaMor

foto do autor

Fatias antigas

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D

Créditos

Imagens produzidas e fornecidas por Flaticon (https://www.flaticon.com/).