Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Vida às fatias

Gostava de escrever um texto inspirador que servisse de meta a este blog... mas não há! É consumir depressa antes que acabe!

Vida às fatias

Seg | 29.02.16

Uma paixão chamada livros | 21

Fatia Mor

 

Melhor citação (diálogo)

 

 

Gostava de dizer que sou daquelas pessoas que fica presa, de forma interminável aos diálogos dos livros. Mas não sou. Raramente me recordo onde li "isto ou aquilo". Às vezes, quase que caio na tentação de sublinhar o livro (que detesto fazer), só para mais tarde recordar essa passagem em particular.

Todas me falam à alma, quando as leio, mas depois de as integrar, dificilmente ser referir-me a alguma de cor e salteado.

 

Ainda assim, há uma que, talvez, eu tenha sempre na memória...

E já falei dela aqui no blog...

 

Aqui

Seg | 29.02.16

Com a história dos óscares...

Fatia Mor

... ninguém fala do mundo de oportunidades que se encerra no dia de hoje - 29 de fevereiro!

 

E não, tecnicamente não é um dia a mais!

 

Mas se estavam preocupados (eu sei que não, mas está bem) estou viva! Cheia de bicho e trabalho, mas viva!

Sex | 26.02.16

Uma paixão chamada livros | 20

Fatia Mor

Sequela que nunca devia ter sido impressa

Pegando na deixa das Mulherzinhas, que já falamos aqui, certa vez deparei-me com a continuação do livro, numa versão Inglesa que havia aqui na biblioteca da cidade. Resolvi arriscar e apesar de, logicamente, a língua ter dificultado a leitura, a curiosidade em saber o que teria acontecido às irmãs March, tomou conta de mim.

Francamente, tinha ficado bem sem ler. Não conseguiu criar em mim o mesmo impacto que as Mulherzinhas. Falo do livro Good Wives, da Louisa May Alcott

Qui | 25.02.16

Uma paixão chamada livros | 19

Fatia Mor

 

Colecção (saga) favorita

 

Parece-me que a esta altura não preciso de dizer muito nesta rubrica, certo? Aqui tem mesmo que voltar a aparecer as Brumas de Avalon. Ou Harry Potter... Ou ainda - achavam mesmo que não tinha mais nada na manga? - Trilogia SevenWaters da autora Juliet Marillier.

Gostei imenso do primeiro livro, A Filha da Floresta. Apesar de não ter lido os restantes com o mesmo entusiasmo, gostei o bastante para estarem aqui.

 

Qui | 25.02.16

Não falar!

Fatia Mor

Não vou falar sobre a Carolina e os seus abdominais perfeitos, uma semana depois de ser mãe.

Não vou falar sobre a Carolina e os seus abdominais perfeitos, uma semana depois de ser mãe.

Não vou falar sobre a Carolina e os seus abdominais perfeitos, uma semana depois de ser mãe.

Não vou falar sobre a Carolina e os seus abdominais perfeitos, uma semana depois de ser mãe.

Não vou falar sobre a Carolina e os seus abdominais perfeitos, uma semana depois de ser mãe.

Não vou falar sobre a Carolina e os seus abdominais perfeitos, uma semana depois de ser mãe.

 

 

Qua | 24.02.16

Uma paixão chamada livros | 18

Fatia Mor

Livro do qual nunca te irás separar

 

Tenho uma relação passional com os livros. Para mim, têm que estar ostentados na minha estante ou guardados nas minhas caixas. Empresto de bom gosto, sabendo que dou sempre um bocado de mim, quando entrego os livros. E já tive alguns dissabores, porque perdi alguns nos empréstimos que fazia. Por isso, arrisco-me a dizer que não me separo de nenhum dos meus, a não ser que aconteça por um azar do destino. Mas pronto, porque temos que referir um e porque admiro imenso a autora, elejo para esta rubrica o livro Rosa minha irmã Rosa da Alice Vieira (que poderia perfeitamente estar nos livros que marcaram a minha infância).

 

O meu é tal e qual este e arrisco-me a dizer que tem marcas semelhantes da passagem do tempo...

 

Ter | 23.02.16

1º Giveaway!!!

Fatia Mor

Giveaway da Fatia

 

Pois é! Os blogs fazem-se destas coisas e eu não quero ficar atrás. 

Acho que tenho muito a oferecer ao mundo, portanto, preparem-se que vou fazer o maior giveaway de sempre! DE SEMPRE!!

 

Regras? Só há uma.

 

Têm que alinhar, que é como quem diz, inscreverem-se. Para isso, basta deixarem aqui um comentário.

 

E se isto é um giveaway, dizem vocês "Oh Fatia, que vais tu giveawayar?" - que eu gosto muito de inventar palavras e Fatia#1 tinha que sair a alguém, certo?

 

Pois bem! Não é apenas uma, nem duas mas sim, três ofertas maravilhosas... Vocês só vão ter duas palavras para descrever o para aqui vai ser oferecido:

LOU - CURA 

(não fora eu da área dos loucos)

 

Portanto, amigos e amigas, leitores e leitoras (que também podia ser leitoas que ia bem à mesma). 

 

1ª oferta

Trabalho em atraso!

 

Trabalho em atraso é sempre algo que todos queremos em cima da nossa secretária. Arquivado na horizontal, com imensos post-its a lembrar-me das datas, da urgência e de tudo o que ainda falta fazer até a tarefa estar concluída. 

Não desprezem esta oferta maravilhosa. Fica bem em qualquer pasta, mesa, agenda ou até nos telemóveis com agenda electrónica, que continuamente apitam de forma descontrolada a relembrar-nos desta preciosidade.

Em última análise, sempre que não tiverem absolutamente nada para fazer, será um belíssimo passatempo tentar organizar tudo o que está em falta e terminar estas tarefas entediantes de toda a espécie administrativa, pedagógica e científica.

 

2ª oferta

Alunos super interessados em tudo o que fazemos! (NOT)

 

Uma turma, pelo menos, de cabeças pensadoras que vão moldar o mundo nos próximos anos, servir o avanço da ciência, da profissão e da saúde mental em Portugal. Só que não. Não, porque o mais interessante nas aulas é ver revistas da oriflame, responder a mensagens no facebook e bocejar... Bocejar muito para a professora se calar com os modelos chatos, as intervenções complexas, as críticas sem nexo e pior que isso tudo, os exercícios práticos de análise, aplicação e reflexão sobre o que foi aprendido. 

Uma preciosidade! Uma geração só comparável aos rascas (da qual eu fiz parte) e que, deixem-me que vos digo, não me parecem nada à rasca, em virtude dos sinais de riqueza que ostentam.

 

3ª oferta

Falta de paciência

 

É o DELÍRIO DO BOI!! Eu sei que vocês já estão todos a saltar com esta última parte! Toda a gente quer um bocadinho disto. Falta de paciência! É óptimo nos dias que correm, especialmente para nos ajudar a desfrontalizar e dizer tudo o que nos vem à cabeça, ou simplesmente ignorar todas as loucuras das pessoas que nos rodeiam. 

Falta de paciência é o epítome de todo o giveaway. Aliás, eu pergunto-me como tiveram paciência para chegar até aqui... Mas se tiveram, esta é a VOSSA OFERTA por excelência!!!

É que há dias que nem eu me aguento, quanto mais vocês, meus amados leitores. 

 

Portanto, rápido antes que isto esgote. Um giveaway deste tipo é imperdível!

 

Vamos, vamos, toca a fazer a inscrição e mandar a morada, para eu começar a disparar tarefas para todo o lado!

 

Beijinhos fofinhos e lambuzados da sempre vossa

FatiaMor

 

 

 

Pág. 1/7