Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Vida às fatias

Gostava de escrever um texto inspirador que servisse de meta a este blog... mas não há! É consumir depressa antes que acabe!

27
Mar17

O dia mais lento do ano

Fatia Mor

No domingo o relógio avançou uma hora. Um roubo descarado -  a meu ver - que sinto sempre que fico manca em dimensão horária. Queria dizer que aprecio a hora extra de sol mas a verdade é que não! 

E se o domingo após a mudança da hora me parece comer segundos a uma velocidade maior que os anteriores, a segunda-feira a seguir é, para mim, o dia mais lento do ano.

O meu cérebro lentifica-se pela mudança da percepção da luz solar. A percepção que tenho é que estou sempre atrasada. A luminosidade diz-me que ainda não são horas de almoçar, mas o relógio do pulso diz-me que afinal isso já passou e até já são horas de voltar ao trabalho!

A minha capacidade de atenção a coisas que não interessam ao menino Jesus cresce, exponencialmente e inversa, à minha capacidade de atenção ao trabalho. Sabem lá o esforço que eu já fiz para desempenhar as tarefas normais de qualquer uma segunda-feira? 

Os meus olhos fecham-se num cansaço idiota. Ter retomado a actividade física ontem (e esperando que seja para manter) talvez também não ajude muito ao serviço, mas ainda assim, reconheço o sono da hora que me foi tomada e que agora só será reposta em Outubro.

Mesmo assim, quero ver o copo meio cheio. Os dias estão maiores, não tarda o calor chega em força e as férias estão já ali ao virar da esquina. Mas deixem-me lá curtir a depressão do roubo até sexta-feira, altura em que devo regularizar o ritmo circadiano até à próxima mudança da hora...

 

Mas será que não acabam com isto?

 

Mais sobre a mudança da hora? Leiam aqui:

http://visao.sapo.pt/actualidade/sociedade/2017-03-27-A-mudanca-de-hora-nao-lhe-roubou-so-uma-hora-de-sono.-Cuidado-com-o-dia-seguinte

http://www.dn.pt/sociedade/interior/ha-101-anos-a-mudar-a-hora-5749437.html

 

P.S. Já editei o documento umas cinco vezes para corrigir coisas que, noutro dia, não seria necessário!

 

11 comentários

Comentar post

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mais sobre a FatiaMor

foto do autor

Fatias antigas

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D

Créditos

Imagens produzidas e fornecidas por Flaticon (http://www.flaticon.com/).