Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Vida às fatias

Gostava de escrever um texto inspirador que servisse de meta a este blog... mas não há! É consumir depressa antes que acabe!

29
Set17

Memórias

Fatia Mor

Dou por mim, inúmeras vezes, a olhar para os lugares que fizeram parte da minha infância e adolescência com a sensação de que nunca pertenci ali.

Olho e vejo, quase em dupla visão, o que era e o que sou, assistindo a uma discrepância absurda que me faz questionar como cheguei aqui!

Mas vezes há em que sou confrontada com o passado na forma de pessoas e não de lugares.

O estranho diferencial apaga-se e dou por mim a corresponder à memória que ambos temos. Momentaneamente, parece que perco todas as conquistas e a insegurança de outros tempos chega-me, castigando a minha segurança e o meu valor conquistado.

Não sei se é algo visível ou se apenas é uma percepção minha.

Gosto de quem fui, mas gosto mais de quem me tornei e arrelia-me que a sombra do passado volte e, principalmente, que me incomode.

Logo a seguir, volto a ser quem sou. Volto a ser quem conquistei e que me é natural. Imagino que quem parte pense "está miúda não mudou nada". Mas a verdade é que mudei e só a visão do passado é que não permite que todos vejam em quem me tornei. 

11 comentários

Comentar post

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mais sobre a FatiaMor

foto do autor

Fatias antigas

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D

Créditos

Imagens produzidas e fornecidas por Flaticon (http://www.flaticon.com/).