Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Vida às fatias

Gostava de escrever um texto inspirador que servisse de meta a este blog... mas não há! É consumir depressa antes que acabe!

07
Abr17

Exigente ou picuinhas?

Fatia Mor

Por norma não sou uma pessoa exigente...

Quem é que eu quero enganar? Eu sou uma pessoa exigente, não sou é chata com essa exigência. Há até quem confunda a minha exigência muda com "ser picuinhas". A verdade é que eu gosto de comer em sítios asseados, não gosto de estar em espaços mal pensados, desorganizados, que confundem o pensamento da mesma forma que emperram a percepção!

No seguimento dessa linha de pensamento e embirração, aborrece-me fazer planos e depois saírem-me furados. Especialmente quando eu cumpro a minha parte, e a outra falha. E ainda mais especialmente quando é um serviço pago. Fico fula!

Inscrevi-me para o nível intermédio do curso de fotografia. Quando fiz a primeira parte passou-se exactamente o mesmo, mas achei que fosse um caso isolado. Após a entidade decidir qual a data, os formandos se inscreverem e formalizarem a inscrição com o pagamento, fui contactada - às vésperas do início do curso - com a pergunta se me causaria incómodo adiar o início do curso 4 semanas. A verdade é que incómodo, propriamente dito, não me causou. Mas não deixei de ficar com um amargo de boca por sentir que não estavam a cumprir com o acordado.

 

O curso decorreu, na segunda data, conforme previsto e a continuidade foi discutida com o grupo de formandos inicial. Falaram-se nas datas, no dia do fim-de-semana, com a formadora e com o representante da entidade. Seria para arrancar neste domingo.

 

Qual não é o meu espanto quando recebo o mesmo telefonema, hoje, a adiar o curso, mais uma vez. São apenas duas semanas (já se tinha acordado que o fim-de-semana da Páscoa seria sempre para saltar), mas ainda assim, a mesma questão: "se me fazia diferença o curso iniciar apenas daqui a duas semanas" e desta feita a um sábado. 

Logicamente que não me causa transtorno. Eu é que sou a interessada, portanto necessariamente tenho que me adaptar. Mas ainda assim, parece-me ainda mais grave que da outra vez. Referi, levemente, esse assunto. É que havia uma pessoa que referiu só poder fazer o curso ao domingo (e na calendarização inicial, era o dia para o qual estava agendado). Todos anuímos e agora altera-se para o sábado porque afinal havia outra pessoa que só podia ao sábado. Se bem me recordo, essa pessoa não estava lá nesse dia. Se estava, não disse nada. Acho grave! 

Parece-me que a rentabilidade falou mais alto e não posso criticar que tentei encontrar o meio de fazer mais dinheiro com os recursos que têm. Mas acho também que têm que honrar os compromissos feitos e não o fizeram. 

Não está em causa o valor do curso, nem da entidade em questão, mas a forma como trabalham...

 

Será que sou exigente ou será que estou apenas a ser picuinhas?

5 comentários

Comentar post

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mais sobre a FatiaMor

foto do autor

Fatias antigas

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D

Créditos

Imagens produzidas e fornecidas por Flaticon (http://www.flaticon.com/).