Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Vida às fatias

Gostava de escrever um texto inspirador que servisse de meta a este blog... mas não há! É consumir depressa antes que acabe!

14
Mar17

É em dias como o de hoje...

Fatia Mor

...e em semanas como estas, que eu desejo ardentemente que o dia tenha 48h.

Mas não tem. 

A terra vai continuar a fazer a sua revolução em torno do sol, mantendo a sua cadência, mostrando-nos que é preciso espremer tudo o que precisamos fazer nas 8h diárias de trabalho.

E quando não chegam, deixamos que transbordem para as outras 8 horas de contacto com a família e os amigos... Ou até que nos roubem horas de sono.

O dia, que deveria ser um equilíbrio de 8/8/8 transforma-se num desequilíbrio galopante que nem tempo nos deixa para comer ou respirar adequadamente.

Tudo para ontem, tudo para daqui a bocado, tudo com a mesma qualidade de sempre, mas com metade do tempo.

 

Dizem que foi uma pena, que o burro do espanhol morreu quando já conseguia trabalhar sem comer... Acho que estou a caminhar para aí!

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mais sobre a FatiaMor

foto do autor

Fatias antigas

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D

Créditos

Imagens produzidas e fornecidas por Flaticon (http://www.flaticon.com/).