Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Vida às fatias

Gostava de escrever um texto inspirador que servisse de meta a este blog... mas não há! É consumir depressa antes que acabe!

23
Fev17

Ai o Carnaval...

Fatia Mor

Nunca delirei com o Carnaval. Acho, até, que o termo certo é que nunca gostei. Mesmo quando tinha o desejo íntimo e nunca expresso (e como tal, nunca atendido) de ir vestida à Dama Antiga, o Carnaval nunca me falou à alma.

Não sei se para isso contribuía o frio que se fazia sentir sempre nesta altura do ano; o cheiro bafiento dos fatos que envergávamos; ou o sentimento deprimente de circular pelas ruas da cidade, cheios de comparsas que vinham atirar-nos bolinhas de papel, serpentinas e às vezes coisas menos boas, como ovos ou água com vinagre.

Portanto, para mim, aquela célebre frase de "é carnaval, ninguém leva a mal", nunca pegou. Eu levava a mal e não era pouco!

 

Mas, entretanto, temos filhos. 

 

Deixei-me contar-vos um segredo: sempre acalentei a esperança de que os meus filhos detestassem o carnaval (aliás, tudo o que envolva máscaras). Mas, infelizmente, naquele debate natureza vs. meio, parece que fiquei a perder. A Fatia#1 revela-se uma foliona e anda a falar deste acontecimento desde que o tema do Natal esmoreceu.

Para ajudar à festa, comprei-lhe o fato que ela tanto desejava (ao contrário de mim, não se coíbe de pedir). 

Escusado será dizer que, desde que o comprei, todos os dias há romaria ao armário para garantir que o ex-libris não fugiu para parte incerta, deixando-lhe o coração destroçado e, os planos de brilhar, pela rua da amargura.

Ontem, começou o disco riscado em acção... "Oh mãe, o desfile está quase. Eu quero ser maquilhada, e quero o cabelo assim, e quero o resto assado..." E cozido e frito, com direito a entrada, amuse-bouche, limpa-palatos e tudo e mais qualquer coisinha!

Assim, amanhã, têm aqui uma FatiaMor que vai ter que acordar antes da hora habitual para aprontar a donzela com todos os "éfes" e "érres" de quem se quer mascarar de forma adequada e ser a mais bela de todas...

 

E agora, deixo-vos a adivinha... Sabem do que se quer mascarar esta minha filha?! Uma pista: devem haver mil, pelo menos!

23 comentários

Comentar post

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mais sobre a FatiaMor

foto do autor

Fatias antigas

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D

Créditos

Imagens produzidas e fornecidas por Flaticon (http://www.flaticon.com/).